O metabolismo fica mais lento com o tempo?

Avatar

Por Kipp Saúde

18 de novembro de 2021

Alimentação

Avatar

Por Kipp Saúde

18 de novembro de 2021

Um estudo publicado recentemente na revista Science comprova que nosso metabolismo muda pouco na vida adulta. Aquela história que com o passar dos anos o metabolismo vai ficando mais lento, ficou pra trás. O estudo foi feito por mais de 40 anos, com cerca de 6.500 participantes, de bebês com 8 dias de vida até idosos de 90 anos, e envolveu 80 coautores, que participaram do estudo, fazendo as medições necessárias para entender como funciona nosso metabolismo ao longo de toda a vida.

O resultado é impressionante e acaba de vez com aquela história que a culpa é do metabolismo… Na verdade, nosso metabolismo sofre alterações em apenas 4 momentos da vida: no primeiro ano de vida a queima calórica acelera rapidamente e chega a ser o dobro do valor médio dos adultos. De 1 até 20 anos a taxa metabólica cai, gradativamente, 3% ao ano. Quando chegamos aos 20 anos, essa mesma taxa atinge um platô que será o mesmo até os 60 anos de idade. E aí, sim, após os 60 anos ele começa a cair em torno de 0,7% ao ano.

O estudo demonstra que adultos entre 20 e 60 anos tem taxas metabólicas muito semelhantes, mas há uma variação com relação a atividade física e alimentação mais saudável na manutenção do peso, claro! Há, ainda, outras revelações bem impressionantes, como o fato de não haver diferença entre sexos, ou seja, homens e mulheres tem o metabolismo semelhante, e o que é determinante no ritmo metabólico é o IMC da pessoa, ou seja, a relação peso x altura. A pesquisa revelou ainda que 65% do metabolismo basal é usado para as que as funções do fígado, coração, cérebro e rins aconteça, e que esses órgãos somados equivalem a apenas 5 quilos do nosso peso corporal. A redução da taxa metabólica acontece após os 60 anos, quando as células passam a trabalhar mais devagar e a economizar energia em forma de gordura.

Esse estudo deixa claro a enorme importância que nossos hábitos têm na saúde e na manutenção de um peso saudável, e o quanto precisamos equilibrar o gasto calórico versus a ingestão de calorias, já que não é culpa do metabolismo que os adultos estejam ganhando peso, sobretudo dos 40 aos 60 anos, mas de um desequilíbrio entre o que comem e o que gastam.

Fonte: Pennington Biomedical Research Center. Metabolism Changes with Age, Just Not When You Might Think. Último acesso em 16 de novembro de 2021.



Quer saber sobre a Kipp? Conheça nossas redes sociais.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentário enviado para a moderação.

Por favor aguarde!